PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO COM 45 OU MAIS, GESTANTES SEM COMORBIDADES, AEROVIÁRIOS E PCD JÁ PODEM SER VACINADOS CONTRA A COVID-19 EM SÃO CARLOS

PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO COM 45 OU MAIS, GESTANTES SEM COMORBIDADES, AEROVIÁRIOS E PCD JÁ PODEM SER VACINADOS CONTRA A COVID-19 EM SÃO CARLOS

9 de junho de 2021 Off

A partir desta quinta-feira, dia 10 de junho, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio dos departamentos de Vigilância em Saúde e de Gestão do Cuidado Ambulatorial, inicia a vacinação de profissionais da educação básica com 45 anos ou mais, de gestantes sem comorbidades a partir de 18 anos, puérperas sem comorbidades com 18 anos ou mais com até 45 dias após o parto; de Pessoas com Deficiência Permanente (PCD) sem Benefício de Prestação Continuada (BPC) e de aeroviários. As gestantes com comorbidades também vão ser imunizadas com a segunda dose da Coronavac.

São Carlos recebeu 6.800 doses da vacina contra a COVID-19 para inclusão desses grupos, sendo 1.400 vacinas para aeroviários (a vacinação vai ser realizada diretamente na Latam), 390 para profissionais da educação, 1.740 doses da Coronavac para imunizar gestantes e puérperas sem comorbidades com 18 anos ou mais, 490 doses da Coronavac para aplicação da segunda dose em gestantes com comorbidades, além de 2.360 doses para vacinar 50% de pessoas com deficiência permanente.

A vacinação também continua para outros grupos prioritários em primeira e segunda doses, como idosos com 60 anos ou mais, profissionais de saúde e do transporte público coletivo (motoristas e cobradores).

Para ser imunizado, todos precisam se cadastrar antecipadamente no site www.vacinaja.sp.gov.br e, no dia da vacinação, levar impresso o formulário de vacinação disponível no link http://coronavirus.saocarlos.sp.gov.br/VacinaJa. No caso de comorbidades o relatório médico deve ser preenchido pelo médico que trata o paciente (lista de comorbidades disponível no site http://coronavirus.saocarlos.sp.gov.br/RelatorioComorbidades) e documento com foto e CPF.

As pessoas com deficiência permanente (física/sensorial/intelectual) devem apresentar laudo médico que indique a deficiência; ou comprovação de atendimento em centro de reabilitação ou unidades especializadas; ou documento oficial com indicação da deficiência; ou cartões de gratuidade do transporte público; ou autodeclaração (na ausência de outro tipo de documento).

As gestantes sem comorbidades devem apresentar a carteira de gestante e as puérperas devem apresentar a certidão de nascimento do filho ou declaração de nascimento da maternidade.

Os profissionais de saúde em primeira dose necessitam da carta de aprovação da Vigilância Epidemiológica (apenas para primeira dose) e os profissionais de educação e do transporte público coletivo, a entrega do impresso com o QR Code.

Já as pessoas que forem imunizadas em segunda dose devem apresentar apenas documento com foto e CPF e a carteira de vacinação.

LOCAIS – As unidades básicas de saúde (UBS’s) do Cidade Aracy, Azulville, Redenção, Santa Felícia e Vila São José, aplicam a vacina das 9h às 15h. Os postos volantes com sistema drive thru da FESC, na Vila Nery e do Estádio Municipal Prof. Luís Augusto de Oliveira “Luisão”, na Vila Prado, vão atender somente os idosos com 60 anos ou mais em primeira e segunda doses, professores com 45 anos ou mais e profissionais da saúde em primeira ou segunda doses, sempre das 9h às 13h.

Siga e compartilhe: