CAMPANHA NACIONAL DE VACINAÇÃO CONTRA A GRIPE TERMINA NA PRÓXIMA TERÇA-FEIRA

CAMPANHA NACIONAL DE VACINAÇÃO CONTRA A GRIPE TERMINA NA PRÓXIMA TERÇA-FEIRA

23 de junho de 2020 Off

Em São Carlos já foram aplicadas 70 mil doses da vacina


A terceira e última fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, que teve início no dia 11 de maio, com prioridade aos grupos formados por pessoas com deficiência, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes, puérperas, professores e pessoas de 55 a 59 anos de idade, termina na próxima terça-feira, dia 30 de junho em todo o país.


Até o momento São Carlos já vacinou contra a influenza 70.869 pessoas, com cobertura vacinal de 80,54% dos grupos prioritários. 33.204 idosos foram imunizados, ultrapassando a meta de 90% e registrando 113,48% de procura; 8.927 profissionais da saúde também foram vacinados, o que corresponde a 113,95% da meta. Na segunda etapa da campanha receberam a vacina 13.726 pessoas com comorbidades (doenças crônicas); 6.640 pessoas que fazem parte de força de segurança e salvamento; os demais grupos como funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medida socioeducativa, população privada de liberdade, caminhoneiros e motoristas de transporte coletivo, somam outras 2.073 doses aplicadas.


Nesta terceira etapa a procura diminuiu com relação os grupos prioritários. Somente 6.863 crianças de 6 meses a menores de 6 anos foram imunizadas o que corresponde a 41,57% da meta; 963 gestantes receberam a vacina (40,96%) e 214 puérperas procuraram as unidades de saúde (55,30%). Também já procuraram as unidades de saúde 1.348 professores (rede pública e particular) e 2.887 pessoas entre 55 e 59 anos.


“O Ministério da Saúde prorrogou duas vezes a Campanha exatamente para que as pessoas que fazem parte dos grupos prioritários, que ainda não se vacinaram, procurem as unidades de saúde. Até terça-feira, dia 30 de junho, todos os públicos, de todas as fases, que ainda não se imunizaram contra Influenza, devem procurar de forma organizada a unidade de saúde mais próxima da sua residência para receber a dose”, explica Kátia Spiller, supervisora da Vigilância Epidemiológica de São Carlos.


A vacina contra influenza não tem eficácia contra o coronavírus, porém, neste momento, auxilia os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para a COVID-19, já que os sintomas são parecidos. E, ainda, ajuda a reduzir a procura por serviços de saúde.

Siga e compartilhe: